Pular para o conteúdo

Missão Impossível 7, o acerto de contas de Tom Cruise, a Crítica

Tom Cruise, mais uma vez, entra com os dois pés na porta para salvar o cinema em "Missão Impossível 7 - Acerto de Contas"
5/5 - (1 vote)

Tom Cruise está de volta para salvar o cinema e, mais uma vez, ele nos entrega uma trama eletrizante em “Missão Impossível – Acerto de Contas Parte Um”. Desde o início, somos imersos em cenas de tirar o fôlego.

A narrativa nos leva em uma aventura mundial, passando por cenários exóticos e perigosos, enquanto Cruise encarna o icônico Ethan Hunt para enfrentar uma ameaça que coloca em risco o mundo inteiro.

Com seus 61 anos, Tom Cruise não só mostra sua forma física impressionante, mas também seu comprometimento em levar a indústria cinematográfica às alturas. O ator não mede esforços para garantir que o público tenha uma experiência cinematográfica única, e sua dedicação é evidente em cada cena. Além disso, o elenco de apoio, incluindo Ving Rhames e Simon Pegg, complementa perfeitamente a dinâmica da equipe de Missão Impossível.

A trama envolve uma ameaça de inteligência artificial chamada “Entidade”, que está prestes a cair em mãos erradas e desencadear um caos global. O filme aborda questões apocalípticas de forma fascinante e envolvente, ao mesmo tempo que presta homenagem a elementos clássicos da franquia. Christopher McQuarrie, que dirigiu os dois filmes anteriores da série, mais uma vez demonstra sua habilidade em manter o público à beira da cadeira com sequências de ação bem coreografadas.

A misteriosa agente tripla Ilsa Faust, interpretada por Rebecca Ferguson, que parece ter apenas trocado a roupa do set de Duna nos primeiros minutos do filme, é uma grande protagonista feminina. Sua natureza imprevisível é o que torna incrivelmente atraente, já que nunca sabemos de que lado ela está.

Leia Agora  Missão: Impossível | Cartaz anuncia novo trailer
Ilsa Faust - Rebecca Ferguson
Ilsa Faust – Rebecca Ferguson

O filme não economiza em reviravoltas emocionantes e confrontos eletrizantes, mantendo o público totalmente envolvido. Além disso, as cenas de ação são bem executadas, com Cruise demonstrando sua dedicação em executar suas próprias acrobacias perigosas, proporcionando momentos que ficarão gravados na memória do público.

“Missão Impossível 7 – Acerto de Contas Parte Um” também apresenta uma interessante galeria de personagens, incluindo o vilão de inteligência artificial, Gabriel, interpretado por Esai Morales, que eleva ainda mais a tensão do filme. A interação entre Ethan e os outros membros da equipe é genuína e cativante, e o filme traz uma mistura envolvente de ação, suspense e camaradagem.

Alguns especialistas de cinema com a mentalidade deturpada tem criticado bastante a qualidade das cenas de ação. Talvez elas não superem  os momentos mais brilhantes da primeira película dirigida por Brian De Palma ou as proezas vertiginosas de “Missão: Impossível – Protocolo Fantasma”, mas a direção de McQuarrie e a meticulosa escrita de Erik Jendresen compensam amplamente esse aspecto.

No entanto, o ápice cinematográfico é alcançado na eletrizante sequência final, um verdadeiro triunfo visual que deixa uma impressão duradoura no espectador. A maestria da direção é evidente, e esse clímax impressionante é suficiente para elevar ainda mais o filme como um todo.

“Missão Impossível 7 – Acerto de Contas Parte Um” não apenas entrega ação e entretenimento desenfreado, mas também nos faz refletir sobre o legado da franquia e como ela moldou nossa percepção do mundo cinematográfico. Com uma dose saudável de humor e carisma de Cruise, o filme mantém sua essência, e os fãs certamente ficarão satisfeitos em ver o eterno Ethan Hunt em ação novamente.

Leia Agora  Festival de Cannes | Shoplifters ganha o prêmio Palma de Ouro; veja lista de vencedores

O filme deixa o gancho perfeito para sua continuação e, ainda, introduz uma personagem que pode seguir os passos de Ethan na FMI. Talvez não seja o fim da franquia.

Em suma, “Missão Impossível 7” é uma emocionante e bem executada adição à franquia. Tom Cruise mais uma vez prova por que ele é uma lenda do cinema de ação, e os fãs do gênero não devem perder esta aventura empolgante. Com ansiedade, aguardo a próxima parte desta emocionante história, ansioso para ver como a saga de Ethan Hunt continuará a nos surpreender e nos maravilhar nas telonas.