Pular para o conteúdo

Um Mais Sombrio ‘Bridgerton’: Filme de Terror Inspirado em Edgar Allan Poe

Um Mais Sombrio 'Bridgerton': Filme de Terror Inspirado em Edgar Allan Poe
Avalie este artigo

“Terror e Romance se Unem no Filme O Túmulo de Ligeia”

O Túmulo de Ligeia é um filme de terror gótico e romance, dirigido por Roger Corman em 1964. Este foi o oitavo e último filme da série de adaptações de Edgar Allan Poe, estrelada por Vincent Price.

O enredo do filme gira em torno do personagem principal, Verden Fell, interpretado por Price, que está assombrado pela morte de sua amada esposa, Ligeia. Ele acredita que ela tenha retornado dos mortos para tentar se comunicar com ele.

O filme se passa em uma antiga mansão na Inglaterra, onde Fell se casa com a jovem e misteriosa Lady Rowena Trevelyan. No entanto, ele ainda não consegue superar o luto pela perda de Ligeia, e acredita que Rowena é a reencarnação de sua falecida esposa.

À medida que a história se desenrola, segredos sombrios são revelados sobre a família de Rowena e sua conexão com a morte e o ocultismo. Fell fica cada vez mais obcecado e enlouquecido, enquanto luta para descobrir a verdade por trás da identidade de sua esposa.

O Túmulo de Ligeia é conhecido por sua atmosfera sombria e visualmente impressionante, típica dos filmes de Corman. A direção de arte e o cenário contribuem para criar uma sensação de mistério e suspense ao longo do filme.

O filme foi lançado em 29 de novembro de 1964 no Reino Unido e no ano seguinte, em 20 de março de 1965, nos Estados Unidos. Apesar de não ser tão conhecido quanto outros filmes da série de adaptações de Poe, O Túmulo de Ligeia é considerado pela crítica um ótimo exemplo do estilo gótico e do talento de Vincent Price.

Leia Agora  "Baixa audiência marca retorno de The Equalizer após pausa de várias semanas"

Se você é fã de filmes de terror e romance com um toque literário, O Túmulo de Ligeia é uma ótima escolha para assistir e apreciar a genialidade de Edgar Allan Poe e o talento de Vincent Price.