Pular para o conteúdo

O Tempo Esquecido: Filme subestimado de Martin Scorsese com Andrew Garfield

O Tempo Esquecido: Filme subestimado de Martin Scorsese com Andrew Garfield
Avalie este artigo

Martin Scorsese está se preparando para lançar seu filme mais ambicioso até o momento, “Silêncio”. O diretor de renome mundial tem trabalhado nesse projeto há mais de 25 anos e finalmente está pronto para compartilhá-lo com o mundo. Com o ator Andrew Garfield no papel principal, o filme promete ser uma experiência única e profunda.

“Silêncio” é baseado no romance de mesmo nome escrito por Shusaku Endo. A história se passa no século XVII e segue dois padres jesuítas portugueses, interpretados por Garfield e Adam Driver, que viajam para o Japão com a missão de encontrar seu mentor desaparecido, interpretado por Liam Neeson. No Japão, eles encontram uma sociedade hostil e são confrontados com desafios que testam sua fé.

Scorsese, conhecido por filmes como “Taxi Driver” e “Os Bons Companheiros”, tem explorado temas religiosos em sua filmografia anterior, mas “Silêncio” é um mergulho ainda mais profundo em questões de fé e crença. Em uma entrevista recente, o diretor compartilhou sua motivação por trás do projeto e explicou por que ele levou tanto tempo para ser realizado.

“Quando li o romance de Endo pela primeira vez, fiquei profundamente impactado pela história dos padres jesuítas no Japão”, disse Scorsese. “Havia algo tão universal e atemporal nessa narrativa, algo que me fez questionar minha própria fé e as escolhas que fiz na vida.”

Scorsese também falou sobre a importância de “Silêncio” no contexto atual. “Vivemos em um mundo onde a religião muitas vezes divide as pessoas”, disse ele. “Mas a mensagem central deste filme é sobre compaixão e respeito mútuo. É sobre entender que, apesar de todas as diferenças, somos todos seres humanos lutando com questões existenciais semelhantes.”

Leia Agora  Diretor de "Verdade ou Consequência 2" explica cancelamento por Blumhouse

Andrew Garfield, que já trabalhou com Scorsese em “A Invenção de Hugo Cabret”, também compartilhou seus pensamentos sobre o filme. “Trabalhar com Martin é uma experiência única”, disse Garfield. “Ele é um diretor incrível e sempre consegue extrair o melhor de seus atores. Este papel em ‘Silêncio’ foi um desafio, mas também foi uma jornada emocionalmente gratificante.”

Garfield passou meses se preparando para o papel, incluindo uma intensa rotina de treinamento físico e espiritual. O ator perdeu uma quantidade significativa de peso para retratar um padre jesuíta em um estado de sofrimento físico. “Eu queria entender a jornada de meu personagem de dentro para fora”, disse Garfield. “Foi um processo doloroso, mas necessário para retratar com autenticidade a dor e a devoção que esses padres enfrentaram.”

Como muitos dos filmes de Scorsese, “Silêncio” também será uma obra cinematográfica visualmente impressionante. O diretor trabalhou com seu colaborador de longa data, o diretor de fotografia Rodrigo Prieto, para criar uma estética única que capture a essência do Japão do século XVII. As paisagens deslumbrantes, combinadas com a trilha sonora marcante de Howard Shore, prometem transportar o público para um mundo completamente diferente.

“Silêncio” já está gerando polêmica e expectativa entre os críticos e cinéfilos. O filme, que já foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Filme Dramático, está sendo elogiado por sua abordagem corajosa aos temas religiosos e por suas performances excepcionais. Parece que Scorsese mais uma vez entregou um filme poderoso e significativo.

“Silêncio” é um lembrete de que o cinema pode ir além do entretenimento e nos fazer refletir sobre questões profundas da existência humana. Com uma história envolvente, performances impressionantes e um olhar perspicaz sobre a fé, este filme promete ser uma experiência cinematográfica única. Este é um filme imperdível para os fãs de Scorsese e para qualquer pessoa que esteja em busca de filmes desafiadores e emocionantes.

Leia Agora  Star Wars: Ator de Obi-Wan Kenobi faz previsão hilária sobre possível segunda temporada