Pular para o conteúdo

Mudança mais importante de Sheldon adulto de “The Big Bang Theory” explicada por produtor de “Young Sheldon”

Mudança mais importante de Sheldon adulto de "The Big Bang Theory" explicada por produtor de "Young Sheldon"
Avalie este artigo

A série “Young Sheldon” teve uma mudança significativa em relação ao final de “The Big Bang Theory”, que é a série da qual é derivada. A mudança foi no personagem principal, Sheldon Cooper, interpretado por Jim Parsons.

O final de “The Big Bang Theory” foi ao ar em maio de 2019, encerrando um período de 12 anos de sucesso na televisão. A série acompanha um grupo de amigos nerds e suas aventuras no mundo da ciência e da cultura geek. Um dos personagens mais queridos e icônicos da série é Sheldon Cooper, interpretado por Jim Parsons.

No final de “The Big Bang Theory”, Sheldon recebeu uma grande oportunidade de trabalho e resolveu se mudar para outra cidade com sua esposa Amy, interpretada por Mayim Bialik. Essa mudança foi um momento emocionante para o personagem, que, ao longo da série, havia amadurecido e aprendido muito sobre relacionamentos e empatia.

“Young Sheldon” é uma série prequel de “The Big Bang Theory” e conta a história da infância de Sheldon Cooper, antes dos acontecimentos da série original. A série estreou em 2017 e é narrada pelo próprio Sheldon adulto.

A maior mudança em relação ao final de “The Big Bang Theory” é que, em “Young Sheldon”, o personagem principal ainda não é casado com Amy e nem se mudou para outra cidade. A série mostra a infância de Sheldon e como ele se tornou o brilhante cientista que conhecemos em “The Big Bang Theory”.

A mudança permite que os fãs de ambas as séries acompanhem diferentes fases da vida de Sheldon Cooper e vejam seu desenvolvimento como personagem ao longo dos anos.

Leia Agora  Tony Khan fala sobre os próximos passos após o ataque em 'Dynamite', NFL Draft, seu pai e mais.

“Young Sheldon” é uma série divertida e emocionante, que explora a vida de Sheldon na infância e como ele lida com sua inteligência acima da média e suas dificuldades sociais. A série também mostra sua relação com sua família e seus primeiros contatos com a ciência e a academia.

Os fãs de “The Big Bang Theory” podem esperar muitas referências e easter eggs em “Young Sheldon”, além de conhecer mais sobre a história e o background do personagem que tanto amaram na série original.

Com um elenco talentoso e roteiros bem escritos, “Young Sheldon” é uma série que cativa e diverte os fãs de Sheldon Cooper e sua turma. A jornada de Sheldon desde a infância até a idade adulta é fascinante de acompanhar, e a série é uma adição bem-vinda ao universo de “The Big Bang Theory”.