/Isaac D, uma light novel cheia de referências da cultura pop e humor
Isaac D - E se você acordasse, e fosse outra pessoa? E se criaturas inomináveis surgissem por toda a parte? E se só você percebesse que elas estão ali?

Isaac D, uma light novel cheia de referências da cultura pop e humor

Compartilhe

Isaac D, uma light novel cheia de referências da cultura pop e humor
5 (100%) 5 votes

Isaac D – E se você acordasse, e fosse outra pessoa? E se criaturas inomináveis surgissem por toda a parte? E se só você percebesse que elas estão ali?

Repleta de ação e bom humor, Isaac D chega com referências que vão desde Lovecraft e a outros elementos da cultura pop. O livro acompanha a jornada do jovem Isaac em uma fantasia construída em cima do maior mistério da humanidade, que une mitos modernos e clássicos da literatura pulp em um estilo similar as Light Novels.

Perdido em uma cidade fria, o jovem protagonista precisa se virar em um mundo nada simpático a ele. A medida que a história vai evoluindo, se descobre outra pessoa ao mesmo tempo que precisa enfrentar criaturas que saem em seu encalço, mas que só ele parece ver. Loucura?

“Eu trouxe a estrutura das Light Novels para o Isaac D com o objetivo de deixar o texto ágil, o que vai na contramão de autores do gênero fantástico contemporâneo, que carregam seus livros com descrições e diálogos intermináveis. Inserindo ilustrações em pontos específicos do texto consegui economizar muitas palavras que poderiam deixar a leitura arrastada. Consegui escrever uma história complexa e cheia de referências sem um único infodump, o que me deixou bem orgulhoso”, explica o autor, o psicólogo Leandro Pileggi.

Pileggi não nega a influência de Gabriel García Marquez e José Saramago entre seus autores favoritos. Mas acha que Isaac D também “poderia na prateleira de literatura fantástica contemporânea”.

“Empatia é a palavra chave desse livro. Não se trata tanto das experiências que vivi, e sim das que coletei. Sou psicólogo e, por consequência, absorvo muitas experiências vividas por outras pessoas, e a empatia faz com que consiga me colocar no lugar delas, sentir o que sentem. Então o que fiz aqui foi trazer essa empatia para os personagens do livro, me coloquei no lugar deles, senti como eles, e só então escrevi suas ações e pensamentos”, revela o autor.

Isaac D está repleta de ilustrações de Levi Tonin (Born Cartolla, AVEC ,2018) e já está à venda no site da Amazon.

TAGS:

Compartilhe