Pular para o conteúdo

George Wallace na sequência do atentado contra sua vida: o que aconteceu com ele?

George Wallace na sequência do atentado contra sua vida: o que aconteceu com ele?
Avalie este artigo

George Wallace foi um político americano e juiz conhecido que serviu como o 45º governador do Alabama por um total de quatro mandatos. Ele também concorreu à presidência dos Estados Unidos como candidato democrata nas eleições de 1972, o que é retratado no filme Shirley, disponível na Netflix.

No filme Shirley, há uma cena importante que mostra uma tentativa de assassinato real na vida de George Wallace. Interpretado por W. Earl Brown, conhecido por seus papéis em séries como Deadwood, Preacher e Black Mass, Wallace é um personagem central que desempenha um papel significativo na trama.

Após o evento da tentativa de assassinato, George Wallace sofreu graves ferimentos que o deixaram paralisado da cintura para baixo. Esse incidente teve um impacto profundo em sua vida e carreira política. Wallace acabou abandonando sua candidatura presidencial em 1972, mas isso não o impediu de permanecer ativo na política.

Após o atentado, Wallace voltou a servir como governador do Alabama em 1983, após se recuperar de seus ferimentos, e permaneceu no cargo até 1987. Durante esse período, ele se desculpou publicamente por suas visões segregacionistas do passado e procurou promover uma agenda mais progressista. Wallace buscou a reconciliação racial em seu estado e trabalhou para melhorar as relações entre as comunidades negras e brancas.

Embora Wallace não tenha sido capaz de continuar sua carreira política na mesma capacidade que antes do atentado, ele ainda era amplamente conhecido e influente no Alabama. Ele morreu em 1998, aos 79 anos, devido a complicações respiratórias.

Leia Agora  O retorno de #TheFBIs conquista público com números recordes após 9 meses de pausa.

A tentativa de assassinato de George Wallace durante sua campanha presidencial de 1972 é um evento histórico significativo que deixou uma marca duradoura na política americana. O filme Shirley captura de maneira dramática o impacto desse incidente na vida de Wallace e destaca sua luta para se recuperar e continuar seu trabalho como político.

Em resumo, após a tentativa de assassinato em 1972, George Wallace ficou paralisado da cintura para baixo, abandonou sua candidatura presidencial, mas continuou a desempenhar um papel ativo na política como governador do Alabama. Ele se desculpou por suas visões segregacionistas do passado e trabalhou para promover a reconciliação racial. Wallace faleceu em 1998 aos 79 anos.