Pular para o conteúdo

Fundador de estúdio de anime revela perda significativa de saúde devido ao estresse

Avalie este artigo

O fundador de um estúdio de anime admite que o estresse da indústria de anime afetou muito sua saúde. Recentemente, Tomoyuki Miyata, fundador do J.C. Staff, revelou em uma entrevista como seu trabalho na indústria afetou seu bem-estar físico.

Miyata iniciou sua carreira na Tatsunoko Production e, após a morte do fundador do estúdio, ele assumiu um papel de liderança na empresa. No entanto, a intensa pressão e o estresse resultantes dessa posição acabaram causando sérios danos à sua saúde.

Em suas próprias palavras, Miyata afirmou: “Eu estava extremamente ocupado nessa época e, devido ao estresse, desenvolvi uma úlcera no estômago e tive dois terços do meu estômago removidos. Voltei ao trabalho no décimo dia após a cirurgia.”

No entanto, a remoção do estômago não foi o único problema de saúde enfrentado por Miyata. Ele também desenvolveu alopecia areata, uma doença que causa a perda de cabelo, e precisou pintar a área afetada com marcador até que o cabelo crescesse novamente. Além disso, ele também foi diagnosticado com hepatite aguda devido à fadiga, o que o obrigou a ser hospitalizado.

Mesmo durante sua hospitalização, Miyata continuou trabalhando e treinando novos funcionários. Sua determinação e dedicação à indústria de anime são admiráveis, mas também é um lembrete de como o trabalho excessivo e o estresse podem ter um impacto negativo na saúde.

É importante lembrar que nenhuma profissão vale a pena comprometer tanto a saúde de alguém. A indústria de anime é conhecida por suas longas horas de trabalho, baixos salários e muita pressão. É fundamental que as empresas e os estúdios reconheçam as necessidades e o bem-estar de seus funcionários, garantindo condições de trabalho saudáveis e um equilíbrio adequado entre trabalho e vida pessoal.

Leia Agora  "Teorias apontam para possível saída de Kevin Costner em 'Yellowstone' na 1ª temporada"

Esperamos que a história de Miyata sirva como um lembrete de que nossa saúde física e mental deve ser priorizada em todas as áreas de trabalho. Não devemos sacrificar nosso bem-estar por uma carreira, e é fundamental buscar um equilíbrio saudável entre trabalho e vida pessoal.

O que você acha dessa confissão do fundador do J.C. Staff? Compartilhe sua opinião nos comentários abaixo.