Pular para o conteúdo

10 séries de TV do oeste mais subestimadas

10 séries de TV do oeste mais subestimadas
Avalie este artigo

As séries de TV de faroeste tiveram seu auge nas décadas de 1950 e 1960, com programas icônicos como Bonanza e Gunsmoke. No entanto, ao longo dos anos, muitas outras séries de faroeste foram produzidas, mas não receberam o mesmo reconhecimento. Neste artigo, vamos destacar algumas das séries de faroeste mais subestimadas que merecem ser lembradas.

1. The Virginian (1962-1971)
Considerada a terceira série mais longa da história da televisão americana, The Virginian apresentava as aventuras do gerente do Shiloh Ranch, localizado no Wyoming. A série era conhecida por sua abordagem realista de temas comuns do faroeste, como justiça, honra e coragem.

2. Laramie (1959-1963)
Situada em Laramie, Wyoming, a série seguia as vidas dos irmãos Slim e Andy Sherman, que administravam o Sherman Ranch e emprestavam dinheiro para os habitantes da cidade. Laramie apresentava histórias bem escritas e personagens cativantes.

3. Have Gun – Will Travel (1957-1963)
Protagonizada por Richard Boone, a série acompanhava as aventuras do pistoleiro Paladin, conhecido por sua habilidade com a pistola e sua inteligência afiada. Have Gun – Will Travel explorava questões morais e éticas, tornando-a uma das séries mais inteligentes de seu tempo.

4. Rawhide (1959-1965)
Rawhide seguia as aventuras de um grupo de cowboys liderados por Gil Favor, interpretado por Eric Fleming. A série se passava na trilha de gado, enquanto o grupo conduzia o rebanho do Texas para o Kansas. Rawhide destacava-se por sua abordagem realista e por retratar a vida difícil dos cowboys.

5. The High Chaparral (1967-1971)
Situada no Arizona, The High Chaparral acompanhava a vida da família Cannon e suas lutas para proteger seu rancho de invasores e bandidos. A série abordava questões como a relação entre brancos e nativos americanos, além de mostrar o impacto da guerra na vida dos personagens.

Leia Agora  Produtor de "28 Years Later" explica a participação de Cillian Murphy na sequência.

6. The Big Valley (1965-1969)
Estrelada por Barbara Stanwyck, The Big Valley se passava no Vale do San Joaquin, Califórnia, e acompanhava as aventuras da família Barkley. A série explorava temas como justiça, feminismo e a dinâmica familiar em uma atmosfera de faroeste.

7. The Life and Legend of Wyatt Earp (1955-1961)
Baseada na vida do lendário xerife do Velho Oeste, a série acompanhava as façanhas de Wyatt Earp e seu trabalho para manter a paz na cidade de Tombstone. The Life and Legend of Wyatt Earp ajudou a popularizar a figura de Wyatt Earp e se tornou um marco dos programas de faroeste.

Essas séries de faroeste subestimadas oferecem uma visão interessante do Velho Oeste americano e merecem ser redescobertas pelos fãs do gênero. Com histórias cativantes e personagens memoráveis, esses programas são uma excelente opção para quem busca um entretenimento nostálgico e cheio de aventura.