Pular para o conteúdo

Zhang Ziyi está irreconhecível em novo thriller de crime verdadeiro.

Zhang Ziyi está irreconhecível em novo thriller de crime verdadeiro.
4.5/5 - (2 votes)

Zhang Ziyi está completamente “irreconhecível” em seu novo thriller de crimes reais.

Há oito anos, o diretor Peter Chan começou a desenvolver a história de “She’s Got No Name”, um thriller de crimes reais que celebrou recentemente sua estreia mundial no Festival de Cannes. Ele estava tentando encontrar seu caminho para a história da vida real da dona de casa Zhan-Zhou, a “assassina do marido”, retratada no filme por Zhang Ziyi (Memórias de uma Gueixa), mas ao longo dos anos, Chan viu o filme como um conto multicamadas de autodescoberta e resiliência, temas que espelham o estado político de Xangai sob ocupação japonesa.

“She’s Got No Name” conta a história de Zhan-Zhou, uma dona de casa aparentemente normal que se torna uma assassina de maridos. O filme se passa durante a ocupação japonesa em Xangai e explora não apenas os aspectos do crime real, mas também a jornada de autodescoberta da personagem principal. Zhang Ziyi assume o papel de Zhan-Zhou e está completamente irreconhecível na tela.

Zhang Ziyi é uma atriz talentosa e versátil, conhecida por sua atuação em filmes como “O Tigre e o Dragão” e “Memórias de uma Gueixa”. No entanto, em “She’s Got No Name”, ela se transforma completamente para interpretar o papel de Zhan-Zhou. Sua transformação física e emocional é impressionante, e ela mergulha profundamente na personagem, trazendo vida e complexidade à história.

Além da atuação de Zhang Ziyi, “She’s Got No Name” também é uma conquista visual. O filme retrata vividamente a atmosfera de Xangai durante a ocupação japonesa, com cenários meticulosamente detalhados e figurinos autênticos. A direção de Peter Chan é habilidosa, captando a angústia e a determinação da personagem principal.

Leia Agora  Campeão do 'Jeopardy!' atinge conquista promissora com última vitória.

No entanto, “She’s Got No Name” vai além de ser apenas um thriller de crimes reais. O filme explora temas mais profundos, como autodescoberta e resiliência, que refletem o estado político de Xangai na época. Através da jornada de Zhan-Zhou, o filme examina a luta das pessoas comuns durante um período turbulento e opressivo da história.

A estreia mundial de “She’s Got No Name” no Festival de Cannes foi um marco importante para o filme. A resposta inicial tem sido extremamente positiva, com críticos elogiando a atuação de Zhang Ziyi e a abordagem única de Peter Chan ao gênero do crime real. O filme está destinado a se tornar um destaque na carreira de Zhang Ziyi e um exemplo notável de cinema de qualidade.

Em conclusão, “She’s Got No Name” é um thriller de crimes reais que vai além das convenções do gênero. Com uma atuação incrível de Zhang Ziyi e uma abordagem habilidosa da direção de Peter Chan, o filme oferece uma experiência cinematográfica poderosa e emocional. É uma história de autodescoberta e resiliência que reflete as realidades políticas de Xangai durante a ocupação japonesa. Este é definitivamente um filme que vale a pena ser visto.