Pular para o conteúdo

Sean Murray fala sobre prequel ‘Origens’ e última cena emocionante com Mark Harmon em ‘NCIS’

Sean Murray fala sobre prequel 'Origens' e última cena emocionante com Mark Harmon em 'NCIS'
Avalie este artigo

‘NCIS’: Sean Murray fala sobre o prequel ‘Origins’ e as filmagens da cena final com Mark Harmon

Sean Murray, conhecido por interpretar o agente especial Timothy McGee em NCIS, recentemente compartilhou algumas informações emocionantes sobre o futuro da série e a despedida de Mark Harmon, que interpreta o agente especial Leroy Jethro Gibbs.

Em uma entrevista exclusiva, Murray revelou que está ansioso para explorar o passado de seu personagem em um prequel chamado ‘Origins’. Ele disse: “Estou realmente animado com essa nova oportunidade de contar a história do McGee antes de sua chegada à equipe do NCIS. Será interessante ver como ele se tornou o agente que ele é hoje”.

Murray também comentou sobre a última cena que ele filmou com Harmon e a emoção que envolveu todo o elenco. Ele disse: “Foi um momento realmente comovente. Quando terminei minha última fala, olhei ao redor e vi todos da equipe chorando. Foi um sinal de que estávamos fazendo algo certo durante todos esses anos”.

Embora Murray tenha mantido o enredo da cena final em segredo, ele compartilhou algumas palavras sobre a despedida de Mark Harmon. Ele disse: “Trabalhar com Mark tem sido uma experiência incrível. Ele é um mentor e uma inspiração para todos nós. Sentiremos falta dele, mas estamos gratos por todo o tempo que passamos trabalhando juntos”.

Sobre o futuro da série sem Harmon, Murray se mostrou otimista e confiante de que o elenco e a equipe serão capazes de continuar entregando episódios emocionantes e envolventes. Ele disse: “NCIS tem uma base de fãs incrível e estamos comprometidos em continuar a oferecer a eles uma ótima narrativa e personagens cativantes. Tenho certeza de que a série continuará se destacando”.

Leia Agora  Por que provavelmente não teremos mais uma temporada de Celebridade Big Brother

Quando questionado sobre como os fãs reagiriam à saída de Harmon, Murray disse: “Definitivamente haverá tristeza e nostalgia, mas espero que os fãs entendam que as mudanças são parte da vida e da narrativa de uma série. Espero que eles tenham confiança em nossa capacidade de contar boas histórias e continuar mantendo o espírito de NCIS vivo”.

Murray também mencionou a importância dos fãs e sua gratidão por todo o apoio ao longo dos anos. Ele disse: “Os fãs são incríveis. Eles são a razão pela qual estamos aqui e fazem parte do nosso sucesso. Estamos muito agradecidos por seu amor e apoio contínuos”.

Embora a saída de Harmon seja um momento triste para os fãs de NCIS, a perspectiva de explorar o passado de McGee em um prequel e os votos de Murray de continuar entregando uma narrativa envolvente trazem esperança para o futuro da série. Com uma base de fãs leais e apaixonados, NCIS está preparada para continuar sendo um sucesso duradouro.