Pular para o conteúdo

O segredo revelado: O que estava na nota em ‘A Ghost Story’?

O segredo revelado: O que estava na nota em 'A Ghost Story'?
Avalie este artigo

O final de ‘A Ghost Story’ Explicado – O que estava escrito na nota?

Legado é algo que David Lowery conhece muito bem. Ele está construindo o seu próprio legado como roteirista e diretor, tendo escrito e dirigido filmes como ‘O Cavaleiro Verde’, ‘Meu Amigo, o Dragão’, ‘Ain’t Them Bodies Saints’, ‘The Old Man & the Gun’ e o foco deste texto, ‘A Ghost Story’. Com base no título, é compreensível confundir ‘A Ghost Story’ com um filme de terror medíocre. Mas engana-se quem pensa assim, esse filme vai assombrar você. Ele é uma exploração única do existencialismo e da perda ao longo do tempo infinito, refletindo sobre temas profundos, sem entregar muitas respostas. O espectador precisa trabalhar para extrair cada detalhe de informação fornecido e formar suas próprias interpretações sobre o significado do que é mostrado. Nem mesmo os nomes dos personagens são revelados, conhecemos eles apenas como M e C.

O final do filme ‘A Ghost Story’ é aberto a diferentes interpretações e provocações filosóficas. Após a morte de M, um fantasma passa a vagar pela casa onde eles moravam, observando o mundo ao seu redor e o passar do tempo. Em um momento, é revelado que o fantasma consegue manipular objetos físicos, como derrubar livros de uma estante. No entanto, conforme o tempo vai passando, o fantasma vê a casa ser demolida para dar lugar a um novo prédio, e ele permanece ali, preso em um ciclo eterno de observação.

A sequência final é uma das mais impactantes do filme. O fantasma, que agora parece estar preso em algum tipo de dimensão espiritual, observa outro fantasma em uma casa do outro lado da rua. Eles se comunicam através de gestos e movimentos, e o fantasma da casa vizinha mostra uma nota para o protagonista. No entanto, o filme não revela o conteúdo da nota, deixando para o espectador interpretar o que poderia estar escrito nela. Essa falta de resposta definitiva é uma das características do filme, que busca provocar reflexões pessoais sobre a vida, o tempo e a mortalidade.

Leia Agora  Tom Hiddleston revela herói que inspirou Loki.

A ausência do conteúdo da nota no final do filme é proposital e serve para destacar a temática central do filme, que é a inutilidade e efemeridade das nossas ações e conquistas ao longo do tempo. O que quer que estivesse escrito na nota, independente do seu significado, seria insignificante diante da vastidão do tempo e da morte. O filme nos lembra de que, no final das contas, somos todos apenas poeira estelar, destinados a serem esquecidos no fluxo implacável da história.

‘ A Ghost Story’ é um filme que desafia as convenções narrativas tradicionais e busca provocar reflexões profundas sobre a existência humana. O final aberto e a falta de respostas definitivas convidam o espectador a encontrar o seu próprio significado na experiência do filme. É uma obra complexa e poética que vai além dos gêneros, levando o espectador a confrontar a finitude da vida e a insignificância das nossas ações em meio ao tempo infinito.