Pular para o conteúdo

O Real Condição Médica Vivida por Leonard em ‘Amnésia’

O Real Condição Médica Vivida por Leonard em 'Amnésia'
Avalie este artigo

O filme “Memento”, dirigido por Christopher Nolan e estrelado por Guy Pearce, retrata uma condição da vida real chamada amnésia anterógrada.

Christopher Nolan é um premiado diretor que já conquistou seu lugar na indústria cinematográfica com sucessos como “Batman: O Cavaleiro das Trevas” e “Oppenheimer”. No entanto, o cineasta também possui alguns projetos anteriores que mostram seu talento nas artes, como é o caso do filme “Memento”.

“Memento” é um thriller psicológico que conta a história de Leonard Shelby, interpretado por Guy Pearce, o protagonista do filme que sofre de uma condição chamada amnésia anterógrada. Essa condição pode parecer fictícia para alguns, mas ela é real e afeta muitas pessoas. Mas afinal, o que é exatamente a amnésia anterógrada e como ela é aplicada no filme?

Amnésia anterógrada é uma condição médica em que uma pessoa é incapaz de formar novas memórias após um evento traumático ou uma lesão cerebral. Isso significa que a pessoa não consegue armazenar ou reter novas informações por um período prolongado. No entanto, ela ainda consegue se lembrar de eventos e informações anteriores ao incidente que causou a amnésia.

Em “Memento”, Leonard Shelby sofre um trauma cerebral que o deixa com amnésia anterógrada. O interessante do filme é que ele é narrado de forma não linear, refletindo a experiência de Leonard com a perda de memória. A história é contada em sequências desordenadas, alternando entre acontecimentos presentes e passados, criando uma atmosfera de confusão e suspense.

Para lidar com sua condição, Leonard desenvolve uma maneira única de se lembrar das coisas. Ele tatuagem informações importantes em seu próprio corpo, além de anotar detalhes em polaroids e escritas em pedaços de papel. Essas estratégias são suas formas de compensar sua incapacidade de formar novas memórias.

Leia Agora  Novo thriller de Elisabeth Moss e drama dos L.A. Clippers ganham data de estreia no Hulu; retorno de Wrexham é confirmado na FX

Ao longo do filme, acompanhamos Leonard em sua busca pela verdade sobre o assassinato de sua esposa, enquanto ele luta para distinguir a realidade das informações distorcidas em sua mente. A amnésia anterógrada cria uma narrativa intrigante e complexa, onde a confiança nas memórias e nas pessoas ao seu redor torna-se incerta.

“Memento” oferece uma visão fascinante sobre a amnésia anterógrada, explorando suas consequências psicológicas e emocionais através da perspectiva de Leonard Shelby. O filme desafia os espectadores a refletirem sobre a natureza da identidade e da memória, além de explorar como nossas experiências moldam nossa percepção da realidade.

Em suma, “Memento” é um exemplo brilhante de como o cinema pode explorar e retratar de forma realista uma condição médica como a amnésia anterógrada. Christopher Nolan utiliza sua habilidade como diretor para nos imergir na mente confusa e fragmentada de Leonard Shelby, oferecendo uma experiência cinematográfica única e impactante.