Pular para o conteúdo

“O melhor, pior e mais desconcertante do monólogo de Jimmy Kimmel no Oscars”

"O melhor, pior e mais desconcertante do monólogo de Jimmy Kimmel no Oscars"
Avalie este artigo

O monólogo de abertura do apresentador Jimmy Kimmel no Oscar sempre é aguardado com expectativa, pois é quando ele apresenta sua visão humorística e faz piadas sobre os indicados, os acontecimentos da indústria cinematográfica e as celebridades presentes. No entanto, nem todas as piadas são iguais e algumas podem ser melhores do que outras. Neste artigo, vamos analisar as melhores, piores e mais confusas piadas do monólogo de Jimmy Kimmel no Oscar.

Começando pelos pontos altos, Jimmy Kimmel é conhecido por seu estilo sarcástico e autodepreciativo, e isso ficou evidente em suas melhores piadas. Ele aproveitou a oportunidade para fazer algumas brincadeiras autocríticas sobre si mesmo e sobre a própria cerimônia do Oscar, arrancando risadas da plateia. Suas piadas bem-humoradas sobre as polêmicas da indústria cinematográfica também foram muito bem recebidas, mostrando que ele tem um bom senso de timing e de como abordar temas delicados de forma leve.

Entre as melhores piadas do monólogo de Jimmy Kimmel no Oscar, destacam-se aquelas em que ele brincou com os indicados e com as categorias da premiação. Por exemplo, ele fez uma piada sobre o filme “La La Land” e como ele seria chamado em um país de língua estrangeira, o que mostrou sua habilidade em fazer trocadilhos inteligentes. Outra piada que se destacou foi sobre a diversidade na indústria do cinema, em que ele ironizou a falta de representatividade dos indicados ao Oscar naquele ano. Essas piadas tiveram um bom impacto e mostraram a habilidade de Jimmy Kimmel em fazer humor com temas relevantes.

Leia Agora  "O Caminho para a Lenda: A Ascensão de Lionel Messi" - Série documental revela a trajetória do astro do futebol mundial

No entanto, nem todas as piadas foram bem-sucedidas. Algumas delas caíram no lugar-comum do humor fácil e previsível, o que gerou algumas reações mornas da plateia. Jimmy Kimmel também fez piadas que dividiram opiniões, pois alguns consideraram-nas de mau gosto ou insensíveis. Esse é sempre um risco ao fazer um monólogo humorístico em um evento de grande repercussão como o Oscar, pois as piadas podem ser interpretadas de diferentes maneiras por diferentes pessoas.

Além disso, houve algumas piadas do monólogo de Jimmy Kimmel no Oscar que foram consideradas confusas e incompreensíveis. Essas piadas mais enigmáticas não tiveram uma resposta clara da plateia e deixaram muitos telespectadores se perguntando qual era a intenção do apresentador. É importante lembrar que o humor pode ser subjetivo e nem todas as piadas vão agradar a todos.

No geral, o monólogo de Jimmy Kimmel no Oscar teve seus altos e baixos, como é comum em qualquer apresentação de comédia. Ele mostrou sua habilidade em fazer piadas inteligentes e bem-humoradas, mas também teve alguns momentos menos inspirados. Faz parte do trabalho de um apresentador de eventos desse porte correr riscos e tentar agradar a todos, mesmo sabendo que nem sempre isso será possível. No fim das contas, o importante é que o monólogo tenha sido capaz de entreter a audiência e iniciar a noite de premiações com bom humor.