Pular para o conteúdo

Novo filme de Kevin Costner arrisca repetir fracasso histórico de $264 milhões 19 anos depois

Novo filme de Kevin Costner arrisca repetir fracasso histórico de $264 milhões 19 anos depois
Avalie este artigo

Kevin Costner arrisca repetir seu histórico fracasso de 264 milhões de dólares, 19 anos depois, em seu novo western

O novo filme de Kevin Costner, Horizon: An American Saga, corre o risco de repetir um enorme fracasso de bilheteria ocorrido há quase duas décadas. Após sua saída dramática de Yellowstone, faltando apenas seis episódios para o final da temporada, Costner realocou seu tempo e recursos para sua aguardada franquia Horizon, que será lançada em duas partes durante o verão de 2024. Horizon: An American Saga marcará o primeiro esforço diretorial de Costner desde o épico western Open Range, lançado em 2003.

Os primeiros dois filmes de Horizon estão programados para serem lançados neste verão em um lançamento teatral incomum e consecutivo, o que aumenta o risco de fracasso.

O histórico de Costner em filmes de alto orçamento não é dos melhores. Um exemplo disso é seu famoso fracasso Waterworld, que custou 264 milhões de dólares para ser produzido e acabou sendo um dos maiores fiascos de bilheteria da história do cinema. Agora, com Horizon: An American Saga, Costner corre o risco de repetir esse insucesso.

O lançamento consecutivo e em sequência dos primeiros dois filmes da franquia é uma estratégia arriscada. Os espectadores podem se sentir sobrecarregados com tantos filmes lançados ao mesmo tempo e pode haver uma diminuição na qualidade e no apelo do produto final. Além disso, lançamentos consecutivos costumam gerar uma expectativa muito alta para o segundo filme, o que pode resultar em uma recepção negativa caso não atenda às expectativas dos espectadores.

Leia Agora  "Omarosa finalmente é demitida: o fim do reinado da vilã"

Outro fator que pode afetar Horizon: An American Saga é a saída antecipada de Kevin Costner de Yellowstone. A série de TV era um grande sucesso e o público estava ansioso para ver o desfecho da história. Com sua saída repentina, pode haver uma quebra de expectativa e até uma diminuição do interesse dos fãs em acompanhar o próximo projeto de Costner.

No entanto, é importante ressaltar que Kevin Costner é um talentoso ator e diretor, e seu histórico não deve ser o único indicador de sucesso ou fracasso. Cada projeto tem suas próprias circunstâncias e desafios. Costner pode surpreender o público com Horizon: An American Saga e conquistar tanto a crítica quanto o público.

Ainda assim, os riscos são altos. A estratégia de lançamento consecutivo aumenta a pressão sobre os filmes e qualquer falha pode ter um impacto significativo na carreira de Costner. Resta esperar para ver se Horizon: An American Saga será capaz de contornar esses desafios e se tornar um sucesso de bilheteria. O verão de 2024 promete ser um momento decisivo para Kevin Costner e sua tão aguardada franquia western.