Pular para o conteúdo

Nicholas Galitzine e Tony Curran discutem estratégias, sedução e erotismo em nova série da Starz – Assista ao vídeo

Nicholas Galitzine e Tony Curran discutem estratégias, sedução e erotismo em nova série da Starz - Assista ao vídeo
Avalie este artigo

O artigo do TV Line traz uma entrevista com Mary e George Nicholas Galitzine, que falam sobre as cenas de sexo no cinema e na televisão. A conversa aborda a forma como essas cenas são filmadas e como os atores lidam com elas.

Mary começa falando sobre sua experiência com cenas de sexo, destacando que, mesmo sendo “invasivo” e “estranho” filmar essas cenas, ela se sente grata por ter tido a oportunidade de trabalhar com pessoas profissionais e respeitosas durante esse processo. Ela também ressalta a importância das conversas prévias entre os atores e a equipe de filmagem, para garantir que todos estejam confortáveis e entendam os limites de cada um.

George, por sua vez, compartilha sua visão sobre as cenas de sexo, mencionando que é importante que elas sejam autênticas e realistas, pois isso contribui para a narrativa da história. Ele destaca a importância de se sentir seguro e confiante durante essas cenas e diz que trabalhar com uma equipe experiente e profissional ajuda nesse processo.

Os dois atores concordam que a chave para filmar cenas de sexo com sucesso é a comunicação aberta e transparente entre todos os envolvidos. Eles enfatizam que é essencial que todos estejam alinhados em relação ao que será mostrado na tela e que sejam respeitados os limites e desejos dos atores envolvidos.

Além disso, Mary e George falam sobre como o movimento Me Too impactou a forma como as cenas de sexo são abordadas na indústria do entretenimento. Eles mencionam que o movimento trouxe à tona a importância do consentimento e do respeito mútuo durante essas cenas, o que é fundamental para garantir a segurança e o bem-estar dos atores.

Leia Agora  "Baixa audiência marca retorno de The Equalizer após pausa de várias semanas"

Em resumo, a entrevista com Mary e George Nicholas Galitzine discute as cenas de sexo no cinema e na televisão, destacando a importância da comunicação e do respeito mútuo entre os atores e a equipe de filmagem. Eles enfatizam a necessidade de se sentir seguro e confiante durante essas cenas e como o movimento Me Too influenciou a forma como elas são abordadas na indústria do entretenimento.