Pular para o conteúdo

Motivo real pelo qual Jake Lloyd, ator de Star Wars, deixou a carreira de atuação

Motivo real pelo qual Jake Lloyd, ator de Star Wars, deixou a carreira de atuação
Avalie este artigo

Segundo a mãe de Jake Lloyd, o ator que interpretou Anakin Skywalker na trilogia de Star Wars, o verdadeiro motivo pelo qual ele abandonou a carreira de ator não foi o bullying que ele sofreu após o lançamento de Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma, mas sim sua doença mental.

Durante muito tempo, acredita-se que Jake Lloyd tenha deixado a atuação devido ao intenso assédio e bullying que ele enfrentou após interpretar o jovem Anakin Skywalker no filme de 1999. No entanto, de acordo com uma entrevista concedida por sua mãe, Lisa Riley, à revista “The Sun”, o verdadeiro motivo foi sua luta contra uma doença mental.

Lisa revelou que Jake foi diagnosticado com esquizofrenia quando tinha apenas 19 anos. Desde então, ele tem enfrentado diversos desafios relacionados à sua condição, incluindo episódios psicóticos e problemas de ansiedade. Esses problemas se agravaram após sua participação no filme, e ele teve dificuldades em lidar com a fama repentina e as altas expectativas impostas a ele.

A mãe de Jake também afirmou que, na época do lançamento de Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma, ele sofria de ataques de pânico e ansiedade, e que a pressão do estrelato infantil não foi saudável para ele. Infelizmente, o assédio e o bullying também contribuíram para a deterioração de sua saúde mental, tornando a situação ainda mais difícil para o jovem ator lidar.

Desde então, Jake Lloyd tem enfrentado problemas com a lei, incluindo uma prisão por envolvimento em perseguições de carro e outros incidentes. Sua mãe acredita que a falta de apoio adequado em lidar com sua doença mental contribuiu para essas dificuldades.

Leia Agora  Explicação Revela Enfim Importante Momento Ignorado por KOTM

É importante destacar que a experiência de Jake Lloyd não é um caso isolado. Muitos atores mirins que alcançam fama repentina têm dificuldades em lidar com a pressão e a exposição na indústria do entretenimento. É crucial que haja suporte e cuidado apropriados para garantir a saúde mental e o bem-estar desses jovens talentos.

É lamentável que Jake Lloyd tenha enfrentado tantas dificuldades em sua vida pessoal após seu papel em Star Wars. Esperamos que sua história possa servir como um lembrete de que a saúde mental é tão importante quanto qualquer outra forma de bem-estar, e que a sociedade como um todo possa aprender a oferecer apoio e compreensão para aqueles que lutam contra doenças mentais.