Pular para o conteúdo

Jack Black está pronto para Escola do Rock 2, mas tem uma condição

Jack Black está pronto para Escola do Rock 2, mas tem uma condição
Avalie este artigo

Jack Black está pronto para uma sequência de “Escola de Rock”, mas com uma condição específica. O filme comemorou seu 20º aniversário no ano passado e Black revelou durante a celebração que consideraria reprisar seu papel como Dewey Finn e que estava “pensando” na possibilidade de voltar à sala de aula.

A comédia de 2003, dirigida por Richard Linklater, foi um sucesso de bilheteria e conquistou fãs ao redor do mundo. A história acompanha Dewey Finn, um músico desempregado que se passa por professor substituto em uma escola de elite. Ele forma uma banda com seus alunos e os ensina sobre música, enquanto os alunos o ensinam sobre responsabilidade e trabalho em equipe.

“Escola de Rock” se tornou um clássico cult ao longo dos anos e Black se tornou sinônimo de seu icônico personagem. Desde então, ele se envolveu em outros projetos de sucesso, como “Tenacious D” e “Jumanji”. No entanto, ele expressou interesse em retornar ao mundo de “Escola de Rock” e explorar o que aconteceu com Dewey Finn e seus alunos ao longo dos anos.

Embora Black esteja entusiasmado com a ideia de uma sequência, ele tem uma condição. Ele gostaria que o filme fosse algo especial e único, e não apenas uma tentativa de lucrar com a popularidade do original. Ele afirmou: “Eu só faria se eu pudesse ter um papel criativo importante no processo de desenvolvimento. Não quero apenas receber um roteiro elaborado por outras pessoas. Teria que ser um projeto que fosse muito especial”.

Leia Agora  Personagens de Five Nights at Freddy's que a Blumhouse poderia introduzir na sequência

Essa condição de Black é compreensível, já que ele não quer comprometer a qualidade do filme e arriscar desapontar os fãs do original. Ele quer ter a oportunidade de contribuir para a trama e garantir que a sequência seja feita com respeito e cuidado.

Embora não haja informações oficiais sobre uma sequência de “Escola de Rock” no momento, o entusiasmo de Black certamente aumenta as esperanças dos fãs. Seria emocionante ver como Dewey Finn e seus alunos evoluíram ao longo dos anos e quais novas aventuras eles poderiam enfrentar.

Enquanto aguardamos por novidades, podemos aproveitar o clássico original e relembrar o impacto que “Escola de Rock” teve em nossas vidas. A comédia musical nos ensinou a abraçar nossa individualidade, a valorizar a música e a importância do trabalho em equipe. E, é claro, nos presenteou com a energia contagiante de Jack Black.

Se uma sequência de “Escola de Rock” se concretizar, esperamos que seja um projeto que honre a essência do original e traga algo novo e emocionante para os fãs. E, quem sabe, talvez vejamos ainda mais talentos musicais emergindo nas telas. Enquanto isso, continuaremos torcendo e mantendo viva a memória dessa incrível comédia musical que nos ensinou a sacudir nossos dias com um pouco de rock ‘n’ roll.