Pular para o conteúdo

Gina Carano processa Disney e Lucasfilm por demissão de “The Mandalorian”; Elon Musk pagará as despesas legais

Gina Carano processa Disney e Lucasfilm por demissão de "The Mandalorian"; Elon Musk pagará as despesas legais
Avalie este artigo

Gina Carano apresentou uma queixa no tribunal federal da Califórnia na terça-feira, alegando que foi demitida pela Disney e pela Lucasfilm por expressar opiniões de direita nas redes sociais. De acordo com o The Hollywood Reporter, a atriz de The Mandalorian está buscando uma ordem judicial que force a Lucasfilm a recontratá-la e pagar pelo menos US$ 75.000, além disso. Elon Musk se ofereceu para arcar com as despesas legais do processo.

A controvérsia em torno da demissão de Gina Carano surgiu devido às suas postagens nas redes sociais, que alguns consideraram como expressão de opiniões políticas de direita. A atriz compartilhou mensagens polêmicas relacionadas a questões como o uso de máscaras durante a pandemia de COVID-19, além de postagens que comparavam a situação política nos EUA com o período do Holocausto.

A Disney e a Lucasfilm, por sua vez, justificaram a demissão de Carano afirmando que suas mensagens eram ofensivas e inaceitáveis, indo contra os valores da empresa. A demissão da atriz ocorreu em fevereiro de 2021, e ela não está envolvida na produção da próxima temporada de The Mandalorian.

Agora, com a abertura do processo judicial, Gina Carano busca reverter sua demissão e ser reintegrada ao elenco da série, além de receber uma indenização de pelo menos US$ 75.000. A atriz alega que sua demissão foi uma forma de discriminação política e que a Lucasfilm violou seu contrato ao dispensá-la.

Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX, mostrou apoio a Carano, se oferecendo para pagar suas despesas legais no processo contra a Disney e a Lucasfilm. Musk também expressou críticas à cultura de cancelamento, afirmando que é importante permitir que as pessoas expressem livremente suas opiniões, mesmo que sejam diferentes das opiniões da maioria.

Leia Agora  Os 20 Melhores Thrillers de 2023, Classificados

A batalha legal entre Gina Carano e as empresas Disney e Lucasfilm ainda está em andamento, e será interessante ver como o tribunal decidirá sobre o caso. Enquanto isso, a demissão da atriz continua gerando debates sobre liberdade de expressão e a imparcialidade das empresas de entretenimento em relação às opiniões políticas de seus funcionários.