Pular para o conteúdo

Final original de Interstellar era extremamente sombrio.

Final original de Interstellar era extremamente sombrio.
Avalie este artigo

O final original de “Interestelar” era tão, tão sombrio

O filme “Interestelar”, dirigido por Christopher Nolan, quase terminou em tragédia em vez de triunfo. O longa-metragem, lançado em 2014, envolve uma jornada intergalática que explora os limites do tempo e do espaço. No entanto, o final original teria sido muito mais sombrio do que o que foi apresentado na versão final do filme.

De acordo com informações reveladas, o final original de “Interestelar” teria visto os protagonistas, Cooper e sua filha Murph, não se reunindo no final da história. A separação entre pai e filha, que foi um dos temas centrais do filme, teria permanecido definitiva. Essa revelação deixa os fãs imaginando como o tom e o impacto emocional do filme teriam mudado, já que o reencontro dos personagens foi um dos momentos mais comoventes do filme.

A ideia de um final sombrio para “Interestelar” não vem como uma grande surpresa nos filmes de Christopher Nolan, já que o diretor é conhecido por seus enredos complexos e tramas não convencionais. No entanto, a escolha de um final mais esperançoso e otimista para o filme certamente agradou aos cinéfilos.

O final de “Interestelar”, como foi lançado, apresenta a reunião emocionante de Cooper e Murph em um futuro distante, após Cooper ter viajado através de um buraco de minhoca para uma dimensão além do tempo e do espaço. A esperança e o sentido de realização do reencontro adicionam um toque de conclusão satisfatório à narrativa.

Além do final, o filme também aborda temas como a busca da humanidade por um novo lar em um contexto de recursos esgotados na Terra. O enredo também explora a teoria científica da relatividade e como o tempo pode se deslocar de forma diferente em diferentes regiões do espaço.

Leia Agora  Cher pede à justiça para supervisionar as finanças do filho

“Interestelar” foi aclamado pela crítica e se tornou um sucesso de bilheteria, arrecadando mais de US$ 677 milhões em todo o mundo. O filme foi elogiado por sua visão cinematográfica impressionante e pela atuação de seu elenco, que inclui Matthew McConaughey, Anne Hathaway e Jessica Chastain.

A direção de Christopher Nolan trouxe elementos visuais impressionantes e efeitos especiais de alta qualidade para a produção cinematográfica. A exploração do espaço, a representação de buracos negros e a concepção de diferentes planetas receberam elogios por sua qualidade e realismo.

Além disso, a trilha sonora intensa e emocionalmente carregada composta por Hans Zimmer acrescenta outra camada de impacto emocional ao filme, ajudando a criar uma atmosfera adequada para a história épica que está sendo contada.

No final das contas, embora o final original de “Interestelar” tenha sido sombrio e trágico, a escolha de um desfecho mais otimista deixou uma impressão duradoura nos espectadores. O filme continua cativando o público com sua exploração do desconhecido e sua mensagem de esperança e amor inabaláveis.

Com sua narrativa cativante e suas reflexões sobre o tempo, o espaço e as interações humanas, “Interestelar” solidificou seu lugar como uma obra-prima do gênero de ficção científica e continua a ser um dos filmes mais discutidos e admirados até hoje.