Pular para o conteúdo

Estúdios chegam a acordos tentativos com IATSE Locals 80 e 706; Sindicato dos Editores estende negociações para a próxima semana.

Estúdios chegam a acordos tentativos com IATSE Locals 80 e 706; Sindicato dos Editores estende negociações para a próxima semana.
Avalie este artigo

Profissionais da indústria cinematográfica e de televisão podem respirar aliviados, pois o Sindicato Internacional dos Trabalhadores de Cena (IATSE) e o Local 80 chegaram a um acordo preliminar para um novo contrato. Essa notícia vem após semanas de negociações tensas, em que os membros do sindicato afirmaram que estavam dispostos a entrar em greve se suas demandas não fossem atendidas. Enquanto isso, o Sindicato de Editores de Filmes (TNG-IATSE Local 706) concordou em estender as negociações com a Aliança dos Produtores de Cinema e Televisão (AMPTP).

As negociações envolveram várias questões importantes para os membros do IATSE e o Local 80, incluindo remuneração justa, melhores condições de trabalho e maior segurança no set. Esses profissionais desempenham papéis essenciais em todas as etapas de produção, desde a construção de cenários até a coordenação de camadas técnicas. O acordo alcançado satisfaz muitas dessas demandas e representa uma vitória significativa para os trabalhadores da indústria cinematográfica.

O Local 80, que representa os figurinistas, aderecistas, pintores de cena e outros trabalhadores da indústria cênica, expressou sua satisfação com o acordo preliminar. Eles afirmaram que a negociação trouxe melhorias nas escalas salariais, beirando a estrutura dos acordos de outros sindicatos que já trabalham na indústria. Além disso, o sindicato conseguiu garantir um contrato mais seguro, com cláusulas que protegem os membros de lesões e condições de trabalho inadequadas.

Enquanto isso, as negociações entre o TNG-IATSE Local 706 e a AMPTP continuam. O sindicato dos editores de filmes representam os profissionais responsáveis pela edição de filmes e programas de televisão. Eles desempenham um papel crucial na pós-produção, moldando a narrativa e garantindo que o produto final seja de alta qualidade. O TNG-IATSE Local 706 busca melhorias salariais e de benefícios, bem como melhores condições de trabalho para seus membros.

Leia Agora  A trajetória e lembranças da trilogia "Percy Jackson" na 1ª temporada (VÍDEO)

As tensões têm surgido em toda a indústria cinematográfica e de televisão nas últimas semanas, com vários sindicatos exigindo melhores condições de trabalho e remuneração mais justa. Vários sindicatos ameaçaram entrar em greve se suas demandas não fossem atendidas, o que poderia ter levado a atrasos significativos na produção e no lançamento de filmes e programas de televisão. No entanto, parece que progressos estão sendo feitos, com o IATSE e o Local 80 alcançando um acordo preliminar e o TNG-IATSE Local 706 continuando as negociações.

Essa série de negociações e acordos preliminares destaca a importância de sindicatos na proteção dos direitos dos trabalhadores da indústria cinematográfica e de televisão. Essas organizações trabalham incansavelmente para garantir que os profissionais recebam remuneração e condições justas de trabalho. Como afirmou um membro do Local 80: “Estamos aqui para garantir que nosso trabalho seja valorizado e que possamos realizar nosso trabalho em segurança. Esses acordos preliminares nos aproximam desse objetivo”.

À medida que as negociações continuam, os profissionais da indústria cinematográfica e de televisão podem esperar que seus direitos e interesses continuem sendo protegidos pelos sindicatos. Esses acordos preliminares são um passo na direção certa e mostram que as demandas dos trabalhadores estão sendo ouvidas. Com sorte, isso resultará em melhores condições de trabalho e remuneração para todos os envolvidos na criação de filmes e programas de televisão.