Pular para o conteúdo

Esquecido filme de suspense de 2010 com Samuel L. Jackson chega ao topo das paradas da Netflix nos EUA

Esquecido filme de suspense de 2010 com Samuel L. Jackson chega ao topo das paradas da Netflix nos EUA
Avalie este artigo

Um thriller esquecido de 2010 estrelado por Samuel L. Jackson está ganhando destaque novamente desde que entrou no catálogo da Netflix. O filme intitulado “Incontrolável”, dirigido por Gregor Johnson e escrito pelo roteirista e dublê britânico Peter Woodward, conta também com Michael Sheen, Brandon Routh e Carrie-Anne Moss em papéis secundários. A trama gira em torno da tortura de um muçulmano americano especialista em bombas, que plantou explosivos em três cidades dos Estados Unidos. Embora o filme tenha sido elogiado por sua carga dramática, ele também atraiu controvérsia devido ao seu tema e cenas de tortura e violência. O filme foi lançado diretamente em vídeo após a falta de interesse de distribuidoras quando o financiamento da Senator Films foi cancelado.

É interessante notar que este thriller, que custou US$ 15 milhões e teve lançamento direto em vídeo, finalmente encontrou seu lugar de destaque na lista dos dez filmes mais assistidos na Netflix dos Estados Unidos, 14 anos após seu lançamento inicial. O desenvolvimento recente tem impulsionado a popularidade do filme entre os assinantes da plataforma de streaming.

Embora “Incontrolável” tenha passado despercebido na época de seu lançamento, a inclusão na lista dos filmes mais populares da Netflix é um testemunho do poder duradouro do trabalho de Samuel L. Jackson e do apetite do público por filmes de suspense e ação.

A trama do filme, que aborda um tema controverso, certamente é um dos fatores que tem chamado a atenção dos espectadores. A história de um especialista em bombas que ameaça cidades americanas cria uma tensão constante ao longo do filme. Além disso, a presença de Samuel L. Jackson no papel principal é um atrativo por si só, considerando sua reputação como um dos maiores astros de Hollywood.

Leia Agora  Paul Giamatti brilha em 'Os Retidos'

A controvérsia em torno de “Incontrolável” também tem sido um ponto de discussão. O filme retrata cenas de tortura e violência, o que gerou certa polêmica na época de seu lançamento. No entanto, muitos espectadores também elogiaram a abordagem do tema, considerando-o necessário para a construção da narrativa e para retratar a gravidade da situação.

O fato de “Incontrolável” ter sido lançado diretamente em vídeo, após a falta de um distribuidor interessado, certamente limitou sua exposição na época. No entanto, o lançamento na Netflix trouxe uma nova oportunidade para o filme ser visto por um público maior e descoberto por novos espectadores.

A inclusão de “Incontrolável” na lista dos filmes mais assistidos da Netflix é uma prova do poder da plataforma em resgatar produções esquecidas e dar a elas uma nova vida através do alcance global que o serviço de streaming oferece.

Em resumo, é gratificante ver um thriller de 2010 estrelado por Samuel L. Jackson ganhando reconhecimento e destaque após tantos anos. “Incontrolável” é mais uma prova de que um filme pode encontrar seu público, mesmo que demore um pouco mais para isso acontecer. Agora, com a visibilidade que a Netflix proporciona, é provável que mais pessoas possam descobrir e apreciar esse trabalho impactante e tenso.