Pular para o conteúdo

Eileen Davidson revela como muda entre as identidades de Ashley.

Eileen Davidson revela como muda entre as identidades de Ashley.
Avalie este artigo

Ashley Abbott, interpretada pela atriz Eileen Davidson, é um dos personagens mais amados e complexos da novela “The Young and the Restless” (conhecida como “Os Jovens e os Estressados” no Brasil). Recentemente, a personagem de Ashley foi diagnosticada com Transtorno de Identidade Dissociativa, popularmente conhecido como DID. Nesta condição, a pessoa tem diferentes identidades ou “alters” que tomam conta dela em momentos específicos.

Em uma entrevista recente, Davidson explicou como é desafiador para ela interpretar Ashley e seus diferentes “alters”. Ela compartilhou: “Isso me deixa confusa, porque é Ashley e, às vezes, no meio da cena, eu me torno o alter ego”. É interessante notar o quanto essa condição altera a forma como a atriz precisa se preparar e se concentrar para interpretar o papel.

Para se adaptar às diferentes identidades de Ashley, Davidson revelou que ela usa técnicas de concentração e visualização para entrar no estado de cada alter. Ela se concentra nas características específicas de cada identidade e tenta se conectar emocionalmente com elas. Essa técnica ajuda a tornar as transições de personalidade mais suaves e autênticas.

No entanto, a mudança frequente entre diferentes identidades também pode ser desgastante para a atriz. Davidson explicou que, às vezes, ela precisa fazer uma pausa entre as cenas para voltar à identidade principal de Ashley. Isso ajuda a evitar confusões e garantir que ela esteja totalmente imersa na personagem correta durante as gravações.

Apesar dos desafios, Davidson parece estar abraçando a oportunidade de interpretar uma personagem com DID. Ela explicou que é um privilégio interpretar um papel tão complexo e desafiador, e dedicou seu tempo e esforço para pesquisar sobre a condição e entender como ela afeta as pessoas.

Leia Agora  John Boyega enfrentará Denzel Washington na série prequela de O Livro de Eli.

O DID é uma condição mental rara e muitas vezes mal compreendida. Ele afeta a forma como uma pessoa experimenta sua identidade, com os “alters” assumindo o controle em diferentes momentos. Essa representação em uma novela popular como “The Young and the Restless” pode ajudar a educar o público e fornecer uma visão mais precisa dessa condição.

É admirável ver Eileen Davidson se esforçando para retratar com cuidado e sensibilidade a experiência de uma pessoa com DID. Essa dedicação certamente contribuirá para uma representação fiel e informativa dessa condição complexa na televisão. E nós, como espectadores, podemos esperar cenas emocionantes e cativantes enquanto acompanhamos a jornada de Ashley e seus diferentes “alters”.