Pular para o conteúdo

Darren Aronofsky foi peça-chave em “Watchmen” de Zack Snyder

Darren Aronofsky foi peça-chave em "Watchmen" de Zack Snyder
Avalie este artigo

Darren Aronofsky critica o final de “Watchmen” e diz que ele sabia o final desde o começo

Darren Aronofsky, aclamado diretor de filmes como “Cisne Negro” e “Réquiem para um Sonho”, recentemente criticou o final da série “Watchmen”. Em uma entrevista, Aronofsky revelou que ele sabia como a história terminaria desde o início e que a abordagem da série foi diferente da sua visão.

“Watchmen” é uma série de quadrinhos criada por Alan Moore e Dave Gibbons que foi adaptada para o cinema em 2009 por Zack Snyder. A trama se passa em um universo alternativo onde os super-heróis são tratados como fora da lei. A série de TV, lançada em 2019 pela HBO, se passa anos após os eventos dos quadrinhos originais.

Aronofsky explicou que ele foi abordado para dirigir uma adaptação cinematográfica de “Watchmen” antes de Snyder, mas optou por não seguir em frente porque não conseguia identificar um final satisfatório para a história. Ele disse: “Eu fiquei bem íntimo [dos quadrinhos] e tentei fazer uma adaptação, mas no final das contas, não conseguia ver como trazer aqueles personagens para um final que fizesse justiça à história”.

No entanto, ele acrescentou que, apesar de não ter adaptado “Watchmen” para o cinema, ele sempre soube como o final da história se desenrolaria. “Eu sabia o final desde o início”, disse Aronofsky. “Eu tenho uma relação especial com esses quadrinhos e com a visão de Alan Moore”.

Sobre a série da HBO, Aronofsky disse que achou interessante como a equipe criativa escolheu abordar os eventos futuros da trama. Ele afirmou: “A abordagem da série foi diferente da que eu teria tomado, mas entendo que cada adaptação tem sua própria visão e interpretação dos materiais originais”.

Leia Agora  Nelson Peltz indica-se como candidato e nomeia ex-executivo da Disney, Jay Rasulo, para cargos no conselho.

Ele também elogiou a forma como a série explorou questões sociais e políticas relevantes, o que foi uma característica presente nos quadrinhos originais. “Watchmen sempre teve uma mensagem poderosa sobre o mundo em que vivemos e essa mensagem foi transmitida de forma eficaz na série da HBO”, disse Aronofsky.

Aronofsky é conhecido por suas abordagens únicas e controversas ao cinema, e é admirado por sua habilidade de contar histórias complexas e provocativas. No entanto, ele ressaltou que cada diretor tem sua própria visão e é importante respeitar as escolhas de cada um. “Cada adaptação é uma oportunidade de trazer uma nova perspectiva para a obra original”, comentou.

Apesar de suas críticas ao final de “Watchmen”, Aronofsky elogiou a série da HBO como um todo e disse que foi um projeto ousado e bem executado. Ele também não descartou a possibilidade de trabalhar em uma adaptação de quadrinhos no futuro, caso o projeto e a história sejam cativantes o suficiente.

No final, fica claro que a visão de Darren Aronofsky para “Watchmen” era diferente da abordagem escolhida pela série da HBO. No entanto, ambos têm seu valor e trazem perspectivas interessantes para a história dos super-heróis fora da lei. Cabe aos fãs decidirem qual versão preferem.