Pular para o conteúdo

Crítica de FF7 Rebirth: “Um Belíssimo Destaque para uma História Atemporal”

Crítica de FF7 Rebirth: "Um Belíssimo Destaque para uma História Atemporal"
Avalie este artigo

FF7 Rebirth: Um Show Extraordinário de Uma História Intemporal

Final Fantasy VII Rebirth começa com uma reviravolta vertiginosa em sua narrativa pseudo-familiar, mas é o ritmo mais lento e metódico de sua história que realmente o estabelece como um RPG imperdível. A segunda parcela da trilogia que começou com o Remake possui a mesma qualidade e polimento que permearam seu antecessor, e a decisão de prestar maior atenção ao seu elenco rende frutos em quase todos os momentos. Para a Square Enix, é mais uma marca de excelência para uma franquia que não tem visto escassez de concorrentes a Jogo do Ano nos últimos anos; para a trilogia de jogos seguindo Cloud, é uma garantia de que o planejamento de lançamento segmentado é a escolha certa.

FF7 Rebirth é um retorno excepcional ao mundo de Gaia que se apoia fortemente em seu elenco memorável cheio de estrelas e em uma história clássica, porém reimaginada. A Square Enix mais uma vez entrega uma experiência de jogo de alta qualidade que certamente deixará os fãs satisfeitos.

O enredo de FF7 Rebirth é cativante e imersivo, mantendo-se fiel à essência do jogo original, mas adicionando camadas adicionais de profundidade e complexidade. A história é contada de forma meticulosa e detalhada, permitindo que os jogadores se envolvam totalmente com os personagens e eventos que se desenrolam ao longo do jogo.

Uma das principais melhorias de FF7 Rebirth em relação ao jogo original é o foco aprimorado nos membros da equipe de Cloud. Cada personagem é trazido à vida de maneira vibrante e bem desenvolvida, com histórias e arcos individuais interessantes. Desde a leal Tifa até o carismático Barrett, o elenco é um destaque absoluto do jogo e faz você se importar genuinamente com cada um deles.

Leia Agora  Atualização do PS5 e PC do Helldivers 2 é lançada, veja as novidades

Além disso, FF7 Rebirth apresenta visuais deslumbrantes, com gráficos de última geração que trazem Gaia à vida de uma maneira completamente nova. Cada cenário é rico em detalhes e atmosfera, desde a cidade futurística de Midgar até os ambientes naturais exuberantes. Os visuais são acompanhados por uma trilha sonora emocionante que evoca nostalgia para os fãs do jogo original, ao mesmo tempo em que adiciona novos elementos musicais envolventes.

A jogabilidade de FF7 Rebirth é outro ponto alto do jogo. O sistema de combate é aprimorado e modernizado, oferecendo uma mistura perfeita de ação em tempo real e estratégia baseada em turnos. Os jogadores podem alternar facilmente entre os personagens da equipe, aproveitando suas habilidades únicas em batalha. A progressão dos personagens também é bem equilibrada, permitindo que os jogadores personalizem habilidades e atributos de acordo com seu estilo de jogo preferido.

É importante ressaltar que FF7 Rebirth é apenas a segunda parcela de uma trilogia, o que significa que a história não é concluída neste jogo. No entanto, a forma como a narrativa é construída e apresentada em FF7 Rebirth deixa os jogadores ansiosos pelo próximo capítulo, proporcionando uma experiência completa e satisfatória, mesmo que haja mais para vir.

Em resumo, Final Fantasy VII Rebirth é uma obra-prima que se destaca como um dos melhores RPGs dos últimos tempos. A história envolvente, o elenco cativante, os visuais deslumbrantes e a jogabilidade aprimorada fazem deste jogo uma experiência obrigatória para qualquer fã da franquia. FF7 Rebirth é uma verdadeira celebração do legado de Final Fantasy VII, enquanto simultaneamente o atualiza e o eleva para novas alturas.